13 de mai de 2014

A berinjela emagrece!!!!

O poder emagrecedor da berijela                 

Por baixo da casca arroxeada do vegetal, estão nutrientes poderosos, capazes de torrar os quilos extras. Na forma de farinha ou in natura, a berinjela ajuda a mandar embora até 4 kg por mês. Confira:

berinjela
Um antigo livro, datado do século V, conta que os chineses costumavam preparar um corante à base de berinjela. A moda da época recomendava que as mulheres passassem aquela mistura nos dentes, que depois eram polidos. O resultado era um sorriso reluzente como o metal. O curioso costume — ufa! — ficou para trás e, com o tempo, descobriu-se muitos outros benefícios sobre a berinjela.
A planta, que começou a ser cultivada na Índia e ganhou o mundo com a ajuda dos árabes, é rica em zinco e vitamina C, dois nutrientes que reforçam as linhas de defesa do organismo. “Ela também possui magnésio, que constitui ossos e dentes e participa de reações enzimáticas, e cálcio, que é importante para a saúde dos ossos”, conta Aline Rissato, professora do curso técnico em nutrição e dietética do Senac Penha, em São Paulo (SP).

Fonte antioxidante

Por baixo da casca roxa da berinjela, também não faltam antioxidantes. É o caso das antocianinas, responsáveis pela cor do vegetal, e o ácido clorogênico. “Esses fitoquímicos protegem o sistema cardiovascular, pois impedem a oxidação do mau colesterol, o LDL, processo que favorece a formação das placas de gordura nos vasos”, revela a nutricionista Carolina Favaron, da clínica Nutri4, em São Paulo (SP). “E, como todo antioxidante, ambos ajudam combater os danos causados pelos radicais livres ao organismo, e, com isso, podem prevenir tipos de câncer e até o envelhecimento da pele”, explica.
A berinjela também é rica em fibras — e esse, você já deve saber, é o primeiro ponto a favor do emagrecimento. “As fibras provocam a saciedade, reduzindo a sensação de fome e auxiliando no trânsito intestinal quando seu consumo é associado à ingestão de água”, lembra Aline. Essa característica, associada ao poder antioxidante fazem dela uma grande aliada de quem deseja varrer a gordura do corpo que anda se acumulando sob a pele e controlar o peso.

Alimento versátil

Não há uma regra básica para consumir a berinjela. Nem você precisa ingeri-la todo santo dia para aproveitar os benefícios. “Ela pode entrar no cardápio entre duas e três vezes na semana, em diferentes formas de preparo: cozida, assada, grelhada, na forma de salada, mas nunca frita”, diz Carolina.
A berinjela não pesa no prato na hora de contar as calorias. Duas colheres (sopa) cheias, segundo Caroline, têm 16 kcal, se estiver cozida. Mas, como lembra Aline, é bom ficar atenta ao preparo ou esse número pode disparar. “O ideal é evitar preparações fritas, à milanesa ou acompanhadas de queijos ou creme de leite, entre outros ingredientes calóricos e ricos em gordura saturada”, ressalta a professora.

Perda de peso acelerada

Ao fim de um mês, se você adotar esses cuidados no preparo e associar o consumo da berinjela ao de outros vegetais, sem abrir mão dos exercícios físicos e de hábitos alimentares saudáveis, o resultado aparecerá no monitor da balança. “A perda de peso vai depender muito do metabolismo e resposta de cada pessoa à dieta e ao exercício. Em geral, ela tende a ser gradual e pode chegar a 1 kg por semana, totalizando, assim, 4 kg por mês”, observa Carolina.
Ainda é cedo para dizer se a farinha de berinjela é melhor que a in natura — até porque um vegetal fresquinho é sempre uma ótima opção e faz um bem danado ao corpo. Mas um estudo realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) trouxe boas notícias para quem está curiosa a respeito dos poderes antigordura desse ingrediente.

Mais saciedade

“A pesquisa comparou mulheres obesas que ingeriram 14 gramas de farinha de berinjela por dia com um grupo que não consumia o vegetal. Os dois grupos seguiram um cardápio de reeducação alimentar e aquelas que consumiram a farinha emagreceram 6 kg em 60 dias enquanto as demais emagreceram 3 kg no mesmo período”, conta Aline.
A mágica por trás desse efeito é bem fácil de desvendar. “A farinha aumenta a saciedade, melhora o funcionamento intestinal, contribui para redução do colesterol sanguíneo e glicemia”, detalha a nutricionista Carolina
{imagem e fonte dietaja.uol.com.br}

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares da Semana

AVISO IMPORTANTE!!! Muitas fotos são retiradas da Internet, se você detém algum direito autoral sobre alguma foto ou material postado aqui, entre em contato comigo,
eu o removerei ou colocarei os devidos créditos. Obrigada!!!!