19 de mar de 2012

Comida contra o mau humor

Comida contra o mau humor

Comida contra o mau humor

Alguns alimentos têm o poder de mexer com o nosso estado de espírito e levantar o astral. Conheça os mais eficientes e inclua-os na sua dieta

Por Marcia Melsohn


Alimentação saudável e equilibrada não é bom só para ficar de bem com a balança e prevenir doenças. Ela também pode dar uma mãozinha para melhorar o humor naqueles dias em que a gente acha que nada vai dar certo. É que alguns alimentos têm em sua composição substâncias que trazem sensação de bem-estar, aumentam a disposição e ainda dão um chega para lá na tristeza.

Segundo a nutricionista Lara Natacci, mestre em comportamento alimentar pela Universidade de São Paulo e diretora da Dietnet Assessoria Nutricional, na capital paulista, estudos comprovam a influência da comida no nosso estado de espírito. Lara explica que dois aminoácidos presentes em vários alimentos, o triptofano e a tirosina, produzem neurotransmissores -- substâncias químicas responsáveis pela comunicação entre as células nervosas -- que têm ligação direta com o alto astral: a serotonina, a dopamina e a noradrenalina. Os nomes podem ser complicados, mas a ação desse trio é simples e traz boas emoções.

Vitaminas do complexo B, especialmente o ácido fólico, também interferem no humor. "Algumas pesquisas relacionam baixas concentrações de vitamina B12 e ácido fólico em indivíduos com depressão e apontam melhora quando acontece suplementação desses nutrientes", diz Lara Natacci. Na lista de nutrientes capazes de contribuir para que a gente exiba um sorriso daqueles estão o ômega-3 do atum, os carboidratos dos pães e alguns minerais, casos do magnésio, cromo e selênio.

Veja abaixo as melhores sugestões de alimentos com esses componentes e procure incluí-los sem exagero na sua dieta. Só o consumo moderado pode ter efeito positivo e ajudar a manter o pique no dia a dia.

Ervilha, feijão, grão de bico, carne vermelha, peixes, ovos, leite e seus derivados
Contêm triptofano, precursor da serotonina

Massas, pães, batata, cereais integrais e arroz
São carboidratos ricos em fibras ou amido, ajudam a aumentar a produção de serotonina. Evite os carboidratos simples, como os dos doces, que provocam oscilações nos níveis de açúcar do sangue, causando impacto negativo no humor.

Óleo de milho, mariscos, cereais integrais, carnes
São cheios de cromo, mineral que eleva a ação dos receptores de serotonina

Atum, salmão, sardinha, truta, arenque, cavala, linhaça
Carregam doses generosas de ômega-3, uma gordura do bem que espanta a fraqueza, a fadiga e a desatenção

Brócolis, tomate, rúcula e cogumelo
Fornecem ácido fólico, que interage com a serotonina e a noradrenalina, atuando contra a depressão

Pistache e caju
O duo está lotado de vitamina B1, substância essencial na síntese de neurotransmissores ligados ao bem-estar e que ainda participa da conversão de glicose em energia

Pimenta vermelha, gengibre, linhaça, guaraná em pó, mostarda, café, vinagre de maçã e acelga
Trata-se de alimentos termogênicos, aqueles que aceleraram a queima de calorias e têm ação estimulante

Amêndoas, nozes, amendoim e castanhas
Têm magnésio, cobre e selênio, cuja ação antioxidante ajuda a inibir a depressão

Ostras, mariscos e carne vermelha magra
Contêm vitamina B12, que contribui para combater a depressão

Chocolate
Além de ser fonte de triptofano, libera endorfina, que traz sensação de prazer, e ainda garante uma baita disposição mental. Trinta gramas do meio amargo por dia é a medida ideal.
{saude.abril.com.br}

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares da Semana

AVISO IMPORTANTE!!! Muitas fotos são retiradas da Internet, se você detém algum direito autoral sobre alguma foto ou material postado aqui, entre em contato comigo,
eu o removerei ou colocarei os devidos créditos. Obrigada!!!!