18 de jan de 2011

Cãibras: como evitar

Foto reprodução

As cãibras nada mais são do que uma contração involuntária, espasmódica, súbita e, muito dolorosa, de um ou mais músculos esqueléticos. Estão associadas com fadiga muscular e contrações encurtadas dos músculos. Quando menos se espera elas aparecem, seja durante ou imediatamente após a prática de atividade física ou até mesmo no decorrer de uma noite de sono tranquila. Dentre as causas mais discutidas, pode-se destacar destacar: metabólitos tóxicos produzidos no organismo, perda de sais minerais, desidratação, fatores ambientais, consumo inadequado de carboidratos, esforço muscular excessivo, falta de alongamento, alguns tipos de medicamentos e doenças metabólicas, como por exemplo, hipotireoidismo, diabetes mellitus, miopatias, dentre outras.  A chave para sua prevenção é reduzir o risco de desenvolvimento de fadiga muscular prematura durante o exercício. Para tanto, o adequado consumo de carboidratos é fundamental. Vale destacar que quando as cãibras se tornam recorrentes, desconfortáveis e incontroláveis merecem uma investigação nutricional e médica minuciosa para diagnosticar as possíveis causas e prescrever o melhor tratamento.

Veja algumas dicas para evitar esse incômodo:
- Hidrate-se adequadamente antes, durante a após a atividade física.

- Tenha uma alimentação equilibrada, rica em grãos integrais, frutas, hortaliças e legumes.

- Consuma quantidade adequada de carboidratos para evitar que a massa muscular seja utilizada como fonte de energia.

- Reponha o sódio durante a transpiração e entre as séries de treinamento físico intenso. Além disso, um músculo melhor preparado, bem fortalecido, aquecido e alongado apresenta menor risco de sofrer contrações involuntárias.

- Inclua em sua alimentação também alimentos fontes dos principais minerais que podem ajudar na prevenção das cãibras:

Cálcio
Magnésio – semente de abóbora, castanhas e vegetais folhosos verde-escuros;
Potássio – banana, banana-passa, passas, água de coco e cereais integrais (arroz integral, aveia, granola, pão integral).
Fonte: Natalia Lautherbach, nutricionista da Rede Mundo Verdehttp://mdemulher.abril.com.br/blogs/karlinha/
– semente de gergelim, queijos brancos (minas, tofu, cottage, ricota), brócolis e couve;

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares da Semana

AVISO IMPORTANTE!!! Muitas fotos são retiradas da Internet, se você detém algum direito autoral sobre alguma foto ou material postado aqui, entre em contato comigo,
eu o removerei ou colocarei os devidos créditos. Obrigada!!!!