4 de jan de 2011

8 maneiras de prevenir a osteoporose

Foto reprodução

Hoje, a abundância de medicamentos e uma maior compreensão sobre os impactos que nosso estilo de vida e a alimentação exercem na saúde dos ossos possibilitam não só o tratamento da doença, mas também a sua prevenção.
Anote algumas recomendações para ajudar você a ter um belo começo na prevenção da osteoporose ou para desacelerar o estabelecimento da doença:

- Pare de fumar: Pesquisadores ajudaam mulheres na pós-menopausa que fumavam pelo menos dez cigarros por dia a parar de fumar. Depois de um ano, a densidade mineral total dos ossos do quadril dessas mulheres aumentou em 1,52% — um número mais significativo do que parece. Além disso, a densidade no osso da parte superior da coxa aumentou 2,9% entre as ex-fumantes.

- Encare os halteres: os exercícios de força favorecem muito mais do que a formação de músculos. Eles tambémm aumentam a densidade óssea. Enquanto caminhadas e outros exercícios aeróbicos são importantes para manter os ossos ao longo da vida, os exercícios de força praticados com regularidade promovem os benefícios mais significativos.

- Priorize o cálcio: incorpore o cálcio à sua alimentação, pois ele também melhora a densidade mineral dos ossos.

- Tome vitamina D: assim como o cálcio, a vitamina D também é excelente. Aliás, sem essa vitamina, o cálcio não consegue penetrar nos ossos. Alimentos ricos em vitamina D são óleo de peixe, peixes gordurosos (salmão, sardinha, bagre, cavalinha, atum), cogumelos e ovo.

- Troque refrigerante por leite desnatado ou água: pesquisas comprovam que mulheres que tomam refrigerane todos os dias tiveram média de densidade mineral óssea 3,7% mais baixa no quadril e 5,4% mais baixa na coluna vertebral do que as que tomaram refrigerante menos de uma vez por mês.

- Acrescente uma fruta ou hortaliça a cada refeição: consumir alimentos com zinco, magnésio, potássio, fibras e vitamina C fortalecem os ossos.

- Coma ameixas secas: as ameixas secas são ricas em cálcio e em outros nutrientes e podem ser o segredo para restaurar a perda óssea após a menopausa.

- Cuide da sáude dos dentes: a única maneira de diagnosticar a osteoporose de forma conclusiva é por meio de uma densitometria. Entretanto, um sinal de que você corre o risco de estar com a doença pode ser a perda dos dentes e a gengivite.
fonte: Livro Guia de Saúde e Longevidade – Seleções

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares da Semana

AVISO IMPORTANTE!!! Muitas fotos são retiradas da Internet, se você detém algum direito autoral sobre alguma foto ou material postado aqui, entre em contato comigo,
eu o removerei ou colocarei os devidos créditos. Obrigada!!!!